Online o tempo todo

A modernidade trouxe uma onda tecnológica que muito provavelmente os síndicos mais antigos não imaginariam que impactaria de forma tão grande no cotidiano de trabalho. A verdade é que estão sendo necessárias muitas adaptações no modo de gerir um condomínio e algumas ferramentas vieram agregar nessa tarefa.

Entre elas estão as redes sociais, como Fecebook e WhatsApp – mais comuns entre os administradores de prédios – que estão deixando aquela velha moda de colocar os comunicados no elevador e hall de entrada em desuso.  Entretanto, vale ressaltar que os novos recursos podem e devem ser usados, mas é preciso cautela.

Tanto o Facebook quanto o WhatsApp conferem aos síndicos a opção de comunicação com os condôminos por meio de grupos específicos. Nesses espaços é possível tratar diversos assuntos referentes ao prédio e da mesma forma que a informação chega rapidamente a todos, as demandas dos moradores também podem atingir o síndico eficientemente, que recebe o feedback de imediato. Essas ações colaboram para uma gestão mais participativa de ambos os lados.

 

Vale ressaltar que é importante que o ambiente virtual, assim como seria em uma assembleia presencial, tenha algumas regras, pois é comum que por não ser face a face as pessoas se tornem mais corajosas gerando brigas e discussões mais acaloradas. Os especialistas aconselham a evitar palavrões, letras maiúsculas para escrever frases inteiras (que podem simbolizar que a pessoa está gritando) e respeitar assuntos que possam ser abordados.

Além disso, as pessoas recém-adicionadas no grupo também devem estar cientes das regras preestabelecidas. E como em qualquer outro ambiente, o que está escrito vale como prova e insinuações ou acusações sobre o caráter do síndico e moradores estão sujeitas às penas da lei, como se fossem ditas em qualquer outro ambiente.

 

Fernando Zeferino é síndico de um prédio no bairro Água Verde. Ele aderiu ao WhatsApp para se comunicar com os moradores, principalmente para informações mais  urgentes ou alguma ajuda que um condômino precise, como problemas no portão, aviso de queda de energia e empréstimo de garagem.  Já para assuntos com os proprietários, que envolvam custos e agendamento de reuniões é utilizado o email de grupos.

“A vantagem do WhatsApp é a comunicação imediata, e respostas em curto espaço de tempo. É mais eficaz que o e-mail, por exemplo. Quando o síndico não está no prédio e outro morador pode ajudar, já se prontificam pelo WhatsApp”, conta Fernando.

Um exemplo que ele relata é o caso do condômino que recebe uma visita e pergunta no grupo se águem tem uma vaga de garagem disponível. “Se algum vizinho está viajando já comunica de imediato que pode usar a dele. O pessoal se ajuda nessas horas quando precisa.”

Mas é claro que nem tudo são flores. Também é preciso ter um pouco de jogo de cintura para lidar com alguns inconvenientes. “Teve um caso de um vizinho reclamando pelo WhatsApp que o outro estava usando o aspirador,  fazendo barulho, mas estava no horário permitido. Ele usou linguagem pejorativa, do tipo quem é o sem noção que está usando o aspirador essa hora?”, descreve Fernando. Como esperado o outro morador respondeu no mesmo nível, criando um clima pesado: “se você não tem nada para fazer a tarde pode vir limpar minha casa”, conta o síndico.

A conclusão, como esperado não foi das melhores. “O morador inclusive foi bater na casa do outro para resolver pessoalmente a questão, e o outro respondeu no grupo: não atendi porque não estou em casa e se tivesse não atenderia porque na minha casa só entra quem convido e você não é meu convidado”. No final, o morador do aspirador e sua esposa saíram do grupo e estão até hoje sem receber as informações urgentes.

“A vantagem do WhatsApp é a comunicação imediata, e respostas em curto espaço de tempo. É mais eficaz que o e-mail”

Fernando Zeferino, síndico de um prédio com 18 apartamentos

Um comentário em “Online o tempo todo

  • 28 de junho de 2017 a 05:53
    Permalink

    Nossa quantas dicas de muita qualidade, eu já estou colocando em prática e já comecei a colher meus resultados, pra quem ainda não acredita que dá para ganhar dinheiro na internet a prova viva está aqui.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *